Inicial >> Sono >> Como Escolher Certo de Seu Colchão e Sua Cama Box ?

Como Escolher Certo de Seu Colchão e Sua Cama Box ?

Como Escolher Certo de Seu Colchão e Sua Cama Box ?

Dicas Para Escolher Corretamente o Seu Novo Colchão

O ideal é comprar o Colchão de acordo com suas necessidades de conforto e uma Cama Box (cama estofada base) e, assim, formar o seu Conjunto Box. As Camas Box são feitas especialmente para suportar o peso dos usuários, proporcionando maior conforto e maior vida útil dos colchões. E pode ser usado para formar o seu conjunto box qualquer tipo ou modelo de colchão que atenda o seu perfil pessoal de conforto. É ideal que este colchão tenha uma altura acima de 24 cm para deixar seu conjunto mais vistoso e, se usar colchões com altura abaixo de 24 cm, terá altura final do conjunto (cama+pés+colchão) baixa e o seu visual fica inferior aos conjuntos + altos.

A escolha de um colchão errado pode causar indisposição, cansaço e até dores de cabeça.
• O tempo de vida de um colchão pode variar de 1 a 10 anos dependendo dos materiais e acabamento utilizados
• Quando se escolhe um colchão para casal, deve-se levar em consideração o peso e altura do cônjuge maior
• Quanto a firmeza, seu colchão não deve ser muito "duro", nem muito "macio". Nos colchões muito "macios" a coluna fica "torcida", já os muito "duros" não se ajustam ao contorno do corpo.

Para fazer uma boa escolha de seu colchão, deve se atentar ao seu perfil pessoal de gosto de conforto e que seu organismo esteja acostumado e tenha preferência . As linhas de colchões disponíveis são: Ortopédicos – Espuma (D45 e D33) – Molas (Bonnel e Pocket). Procure sempre verificar a linha de seu colchão atual e suas características e benefícios, e o nível de satisfação que este produto lhe proporcionou. E assim possa fazer uma boa escolha que atenda seu gosto pessoal.

- Conforto Extra Firme: você deverá escolher e usar os Colchões Ortopédicos.

- Conforto Firme com Toque Maciez: você deverá escolher e usar os Colchões de Espuma D45 e D33.

- Conforto Macio com Toque de Firmeza: você deverá escolher e usar os Colchões de Molas.

Após definir a sua linha de colchão, leia atentamente na página de detalhes e informações do produto as características e benefícios que cada um oferece dentro da mesma linha. lembrando da regra de custo x beneficio. Invista na qualidade de seu descanso.

O Colchão IDEAL:

O colchão ideal é aquele no qual a coluna se molda na posição correta, e sustenta corretamente o peso do seu corpo, proporcionando descanso.

Deite sempre de decúbito dorsal horizontal (de barriga para cima) ou em decúbito lateral (de lado). Evite deitar-se de bruços, nesta posição a coluna fica sem apoio e torna-se dolorosa.

Ao deitar-se de barriga para cima, use travesseiro fino; ao deitar-se de lado, use travesseiro médio, preenchendo o espaço entre a cama e a orelha, de modo que o pescoço fique alinhado com o tronco.A melhor maneira de dormir é aquela que permita o relaxamento total dos músculos, principalmente as musculaturas das costas, da região lombar, dorsal e cervical, as quais durante todo o dia não têm descanso.

Colchão Muito Rígido:

Aquele modelo bem duro, que não se adapta às curvas da coluna, deve ser evitado, pois cria pontos incômodos de pressão em seus ombros e quadris.

Vale salientar que um mau posicionamento ou movimento inadequado dos ossos pode causar o mau funcionamento dos tecidos e órgãos por todo o corpo.

Entorta a coluna e pode machucar os quadris, os ombros e as coxas. Um colchão assim também exige muito dos músculos, quando eles deveriam repousar.

Colchão Muito Macio:

Um colchão muito macio pode ocasionar curvas ou distorções na superfície, promovendo um desalinho da coluna vertebral.

A tensão viciosa que o músculo da área cervical, dorsal, lombar e glútea faz para restaurar a posição natural da coluna durante o período do sono, deixa a musculatura tensa, produz o desconforto e a dor pela manhã, agravando problemas de postura.Não dá a sustentação necessária para as partes mais pesadas do corpo, como os quadris, os ombros e as coxas. Em vez de moldá-las, ele afunda, desviando a coluna.

O Melhor Colchão:

Colchão certo, travesseiro certo, sono certo.

O melhor colchão não é “duro” demais, nem “mole” demais.

Todas as curvas do corpo devem ter apoio e a coluna ficar reta, sem ser forçada.

Se usarmos um colchão muito duro, você pode “entortar” a coluna e machucar os quadris, os ombros e as coxas. Seus músculos ficam tensos, quando eles deveriam descansar.

Se usarmos um colchão muito mole, não dá sustentação correta para as partes mais pesadas do corpo, como quadris, coxas e ombros. Ao invés de moldá-los, ele os afunda seriamente a coluna

Dormir de bruços: é proibido dormir de bruços, pois força a região lombar e a cervical; e acentua problemas de lordose, lombalgia e escoliose.

Barriga para cima: só aceito se colocado um almofadão embaixo dos joelhos, a fim de evitar lombalgia. O joelho semi levantado faz encaixar o quadril e compensar a lordose (curvatura da lombar). Utilizar travesseiro baixo, para não forçar a cabeça e a cervical.

Posição fetal: é a posição mais recomendada. Esta posição consiste em ficar de lado com as pernas levemente dobradas, o travesseiro deve preencher o espaço entre colchão, ombro e cabeça. Muitas vezes um travesseiro entre os dois joelhos aumenta o conforto nesta posição. É a posição mais recomendada.

Lombalgia: Contratura crônica da musculatura da lombar.

Lordose: Curvatura acentuada da lombar acima da normalidade.

O Travesseiro Certo?

O travesseiro deve funcionar como instrumento de compensação, evitando que o peso da cabeça force a coluna cervical e sua musculatura. Portanto, o material definirá o nível de toque e conforto. Porém, deve-se estar atento para a espessura do travesseiro. Precisa ter a mesma espessura para preencher o espaço entre ombro e cabeça, a fim de não forçar a cervical.

Qual Momento de Trocar o seu Colchão?

Um colchão tem prazo de validade máxima de 1 a 10 anos. Existe uma variação de qualidade e vida útil conforme o tipo de produto de um mesmo fabricante. Devemos verificar no certificado qual o tempo de uso recomendado.

De qualquer maneira devemos ter a atenção freqüente para a situação do produto. Alguns sinais mostram que está na hora de trocá-lo.

Verificar se existe alguma mancha ou coloração diferente, buracos ou sujeira.

Estar desnivelado, com a densidade muito baixa e desconfortável, mostram também a necessidade da troca.

Verifique a garantia de seu colchão. Interprete a garantia como validade.Todo colchão que termina sua garantia podemos entender que está sujeito a perder suas propriedades físicas. Portanto, um bom parâmetro é quando sua garantia está vencida, ou seja, já está na hora de trocar o colchão.

Existe um colchão especial quando o parceiro movimenta-se muito durante o sono

Com a evolução tecnológica na fabricação de colchões, principalmente os de molas, foram desenvolvidos produtos que minimizam o efeito da movimentação de um dos parceiros na cama.

Procure informar-se das opções na hora da compra.

Como Medir um Colchão?

O colchão deve ser sempre 2 cm menor na largura e no comprimento da parte interna da cama onde o mesmo será acomodado.

Como Escolher entre Colchões de Mola e de Espuma?

Existem muitas diferenças? O colchão de molas tem por característica a propriedade de possibilitar alto conforto, resistência e durabilidade para pessoas até 150 kg.

Os colchões de espuma possuem várias densidades, cada uma delas é indicada para uma determinada faixa de peso. Isso possibilita uma maior adequação do colchão a estrutura corpórea do usuário, aumentando o conforto e a durabilidade.

O que é Colchão Ortopédico?

O colchão ortopédico é aquele que oferece firmeza na sustentação do usuário sem comprometer o conforto.

A Cama Faz Diferença na Escolha do Colchão?

A diferença começa pelas suas medidas. O encaixe perfeito do colchão é importante.
As ripas devem possuir um espaço por volta de quatro centímetros entre elas, dando um melhor suporte e propiciando que haja ventilação.


Promoções com Até 30% de Desconto


Dicas de Sono